Atitude

Alair Gomes

Exposição – Percurso mostra a arte homoerótica do fotógrafo no Rio de Janeiro

Fotografar segue as regras do olhar delicado de quem capta o momento. A pulsão sexual, o erotismo e o masculino são captados nas fotos de Alair Santos, e estão expostas na Caixa Cultural no Rio de Janeiro até 18 de fevereiro, no centro da cidade.

Erotismo vai de encontro ao voyeurismo de assistir o outro de forma sensual, com desejo, até mesmo como um fetiche. O corpo masculino jovem e belo pautou toda a obra fotográfica do artista carioca, realizada ao longo de 20 anos. O olhar do artista, de viés homoerótico, tornou-se complexo e original ao longo de sua produção. Estudioso da história da arte, da física e da filosofia, suas pesquisas o levaram a encontrar caminhos fecundos para inserir a fotografia dentro do campo da arte contemporânea, com destaque para as sequencias de imagens que ele elaborou inspirado em sinfonias e sonatinas e em altares religiosos, como nas composições em trípticos.

Considerado um dos precursores da fotografia homoerótica no Brasil, Alair Gomes notabilizou-se a partir dos anos 1960 pelas fotografias que enfocam o corpo do homem belo e jovem, seguindo a tradição da história da arte, notadamente das esculturas greco-romanas. Com forte acento voyeurista, muitas de suas fotografias, realizadas entre 1960 e 1992, foram feitas a partir da janela e também no perímetro de seu apartamento na orla da praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Desde então, sua produção tem sido estudada por críticos brasileiros e estrangeiros, e vem ganhando espaço em livros, revistas, galerias e museus.

Exposição Alair Gomes Percursos Caixa Cultural SP
Exposição Alair Gomes Percursos Caixa Cultural SP
Foto: Eder Chiodetto

A exposição esteve na Caixa Cultural São Paulo em 2015 e gerou recorde de visitantes, também traz série inédita de fotografias de atletas do surf, futebol, canoagem e natação no Rio de Janeiro, além da realizada na Praça da República, em 1969, na cidade de São Paulo.

Caminhar pela mostra fotográfica e perceber as nuances que o olhar do fotógrafo propõe sobre o corpo masculino, vai além da simples erotização percebendo-se o apreço formal pela imagem e estética como linha de partida para criação das imagens.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo