Estilo
Chapéu Panamá

Chapéu Panamá

Acessório indispensável para o verão

Calor, sol, mar, praias, rios, lagoas, paisagens de verão, dias iluminados, looks leves e claros… junto de tudo isso ele chega como peça chave da estação, o chapéu Panamá. A história desse clássico inicia no século XVI, quando os espanhóis conquistaram o Equador e perceberam que os nativos calçavam chapéus de palha semelhantes as freiras e viúvas na Europa. Esse tipo de touca cobria as orelhas e ombros, chamando-se assim, Toquillas, que deu o nome a “palha toquilla”. O processo químico diferenciado produz o branqueamento da palha e a utilização de uma palha mais grossa para permitir a confecção rápida dos chapéus.

Aproveitando-se do trabalho indígena as toquillas foram substituídas pelo design dos modelos europeus, atingindo a nobreza colonial espanhola. Após a independência do Equador, o empresário Manuel Alfaro estabeleceu uma produção de chapéus em Monticristi e com os negócios em franca expansão aproveitou-se da importância comercial do Panamá e iniciou a exportação para o país. Em pouco tempo já tinha aberto lojas no Panamá, atraindo atenção de pessoas do mundo inteiro e disseminando a associação dos chapéus equatorianos ao Panamá.

Já pensou que lindo uma #tshirtcleo com um chapéu desses para encarar o verão com estilo? Peça já a sua!

Em Hollywood, na década de 40, popularizou-se o uso dos chapéus Panamá pelas estrelas, tanto fora das telas como também nas produções, como em “E o Vento Levou…” e “Casablanca”. Era comum ver atores, músicos e pessoas da alta sociedade usando um chapéu do modelo Panamá.

Cleo e Piny

De acessório masculino para o guarda-roupa feminino foi um pulo. O chapéu Panamá tem sido destaque em diversos desfiles de moda e já conquistou famosas e fashionistas mundo a fora ganhando as ruas. Além do chame ao visual ele dá um toque despojado aos looks e protege o rosto e o dorso em dias ensolarados. Mesmo no inverno e em baixas temperaturas ele pode ser usado com muito estilo, sendo o panamá original ou modificando-o um pouco, mudando o material de que é feito e o formato, se tornando uma inspiração para todas as estações.

Dicas de como usar o Chapéu Panamá

– Não é preciso combinar as cores do seu look por causa do chapéu, ele pode contrastar com as cores e texturas.
– Prender o cabelo em um coque baixo, ou um rabo de cavalo Deixa o visual charmoso, além de refrescar.
– Ele pode ser usado tanto com moda praia quando num look street mais casual.
– Optar por um sapato despojado, uma sapatilha, um chinelo ou sandália suaviza o visual e encaixa muito bem com o chapéu.
– Chapéu Panamá cai bem com vestido, saia, calça, macacão, túnicas, saídas de banho, enfim, tudo, basta você se animar e criar um look.

Cleo coque

Dicas de conservação

– Não molhar
– Evitas dobra-lo por mais de 48h.
– Para limpar algumas manchas que ele venha a ter, passe borracha de lápis.
– Mesmo o chapéu não podendo ser molhado ele precisa de umidade para se mantar e conservar a flexibilidade.

Cleo usando chapeu panamá

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo