Como se perder em...
Como se perder… Domingo em São Paulo

Como se perder… Domingo em São Paulo

A gente adora se perder por aí e desbravar lugares conhecidos e desconhecidos.

São Paulo é a maior cidade da América Latina, cosmopolita e cheia de coisas pra se fazer. Muitos museus, bares, festas, opções culturais, parques e muita, mas muita coisa espalhada pela cidade. Tida como um grande centro comercial, local de grandes negócios na área de empreendimentos e marketing, a cidade vai além. Já pensou no que fazer num domingo em meio há tantos prédios, quando o clima movimentado dá uma acalmada?

Pois é, quando Sampa diminui o ritmo, domingo, algumas ruas são fechadas para que as pessoas transitar livremente, andar de patins, skate, bicicleta, praticar esportes na rua de forma amistosa. Essas áreas podem ser vistas em locais distintos da cidade, seja na Avenida Paulista ou no viaduto, o espaço é reapropriado para a diversão.

Existem os parques, como o Ibirapuera, com grande área verde, lagos e muita distração, no domingo o parque fica cheio de gente de diversas tribos. Dá pra fazer um piquenique, correr, meditar, praticar yoga ou simplesmente jogar conversa fora. É possível alugar bicicletas para passear.

Os museus não fecham aos domingos, que tal? Sempre é bom ter contato com a arte, com as novidades ou com grandes artistas já renomados. Exposições por todos os lados, basta pegar um guia da cidade e se informar. Geralmente a entrada tem preço acessível ou é até mesmo gratuita.

Para quem tem ânimo e gosta de coisas mais tranquilas, um pouco mais longe da cidade, dá bem para pegar a estrada, e em torno de meia hora dá pra chegar em alguns lugares onde é possível contato com a natureza e com animais. Dá andar à cavalo, fazer churrasco ou almoçar numa paisagem completamente diferente.

Aos mais agitados, como Sampa não para, ainda é possível investir nas festas de domingo para iniciar a semana com todo gás. Nos Jardins, na Augusta, é fácil de encontrar lugares bacanas com gente legal pra trocar uma ideia. Dá pra ir também, as típicas festas de domingo, só pesquisar ou ligar para aquele amigo antenado.

São Paulo é um mundo que pode e deve ser explorado, domingo é um dia para se ver a cidade por outro ângulo, se apropriar dos espaços urbanos e curtir. Que tal? Bora se perder em Sampa no domingo?

* Imagem de capa – Carlos Aranha

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo