Como se perder em...
Como se perder em… Chapada dos Veadeiros

Como se perder em… Chapada dos Veadeiros

Por Alejandra Tarin, cineasta

Para quem vem da cidade grande a Chapada dos Veadeiros é um paraíso e a maioria das pessoas que aqui moram são resistência na preservação do Cerrado e de sua cultura tradicional. Tentar sintonizar com a região ao invés de reproduzir o comportamento das grandes cidades é essencial para uma troca sincera com o lugar. As pessoas cuidam umas das outras e da natureza como um todo. Conhecer os nativos e suas histórias, aprender sobre o Cerrado e suas propriedades medicinais. Observar estrelas, acordar cedo para não perder o horário da cantoria dos passarinhos e aproveitar o grande quartzo de cristal para fazer seus pedidos ao Universo.

Localizada no nordeste goiano, a mais ou menos 250 km de Brasília, a região da Chapada dos Veadeiros é destino para quem precisa se reconectar com a natureza e tomar muito banho de rio. Águas cristalinas, esverdeadas, azuladas e escuras. São três os pequenos centros urbanos mais visitados: Alto Paraíso, Vila de São Jorge e Cavalcante.

Para chegar de Brasília na Chapada existe uma página no Facebook de carona solidária chamada “Conexão Chapada-BSB” que é muito boa, a viagem é mais barata e rápida que o ônibus que sai de Brasília, a contribuição costuma ser de 35 reais.

Os moradores têm o costume de dar carona sempre, por incrível que pareça, não tem transporte público na região. De Alto Paraíso para São Jorge existem pontos de carona.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo