Atitude

Como se perder em… Mendonza

Passeio visual

Por: Guilherme Sallum

Mendoza é a capital e a maior cidade da província de Mendoza, na Argentina. Localiza-se no oeste do país, nas bordas da Cordilheira dos Andes, sendo um importante pólo de produção de vinho e azeite, além de ser dos mais importantes pontos turísticos da Argentina. A atividade econômica da região está fortemente vinculada à indústria de elaboração de vinhos, alimentos, e também, com o refinamento de petróleo.

Experimentar os vinhos de Mendonza sem dúvida já deixam a viagem deliciosa, no entanto pode-se tornar ainda mais interessante ao pegar a Ruta Siete, rumo ao Chile, pela Cordilheira, passando pelo dique Potrerillos, pela estação de esqui de Penitentes, e pela Puente del Inca até o Aconcágua. Chegando lá, entrar no parque e fazer uma caminhada de 2 km até duas lagoas com vista para o Monte. São quase 500 km (ida e volta). É puxado, mas muito bonito. Programa para um dia todo, saindo cedo e voltando no começo da noite.

E ainda sobre a Puente del Inca, seu surgimento é curioso, pois é suspensa vinte e sete metros acima do rio Caves, possui estalactites penduradas, suas agulhas de gelo e o amarelo da paisagem colorida são impressionantes devido a recepção contínua de enxofre. Sob a ponte uma construção protege pequenas piscinas onde a água corre mineralizada e de alto valor terapêutico. Considera-se que a Ponte Inca recebeu esse nome após visitas frequentes dos índios que trouxeram essa cultura, atraídos pelas propriedades curativas de suas águas.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo