Atitude

Leitura no Vagão

Incentivar a leitura e a troca de conhecimentos é a ideia do projeto

Cleo Pires com camisa do Leitura no Vagão

Você conhece o Leitura no Vagão? É um projeto super legal criado pelo Fernando Tremonti que distribui livros gratuitamente. Em menos de 2 anos ele já distribuiu mais de 13 mil livros. Demais né?! O Leitura No Vagão consiste em deixar livros nos vagões aleatórios de metrôs e trens, podendo a população levá-los para casa, sendo o intuito que, após o término da leitura, retornem o exemplar ao vagão para que outra pessoa possa pegá-lo. Além disso, estimula autores e autoras a escreverem suas obras, divulgando-as sem nenhum custo. Sorteios de livros são feitos, entrevistas com autores consagrados que apoiam o projeto, dentre outras ações ligadas à leitura.

A iniciativa começou em São Paulo e atualmente já se expandiu para o Rio de Janeiro, Distrito Federal e até Santiago do Chile. Diariamente livros são deixados nos vagões, mas quando dispõem de uma boa quantidade fazem o “Leitura No Vagão Especial”, uma ação onde ocorre a distribuição gratuita dentro dos vagões em estações específicas. O metrô já chega na plataforma com livros em todos os assentos, são mais de 300 livros por ação!

Interior do vagão de trem

O projeto se mantém por meio de doações e voluntários, por isso é necessário a colaboração de todos. Para participar você pode doar livros, e se o for autor da obra poderá disponibilizar exemplares para o projeto, também são aceitos patrocínios materiais. Cada vez mais cidades e pessoas são atingidas, o Brasil é um país onde o hábito da leitura precisa ser estimulado, segundo pesquisa feita pelo Ibope, sob encomenda do instituto Pró-Livro, o número de leitores subiu 6 pontos percentuais entre 2011 e 2015.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo