Experiências

Picasso: Mão erudita, Olho selvagem

Exposição traz ao Rio obras do importante pintor do século XX

Pablo Picasso: Jouers de ballon sur la plage
Pablo Picasso: Jouers de ballon sur la plage, Reprodução da Internet

O Rio de Janeiro recebe até 20 de novembro exposição de obras de Picasso. Intitulada Picasso: Mão erudita, Olho selvagem está no Rio desde 13 de setembro na Caixa Cultural, a visitação é gratuita e acontece de terça à domingo das 10h às 21h.

Vindas diretas do Musée National Picasso-Paris, as 138 obras do multiartista espanhol traçam um percurso cronológico por sua trajetória desde os anos de formação, com o óleo sobre tela “L’Homme à la casquette” (1895), até os últimos de produção, como na gravura em metal “Couple: femme et hommechien. Avec femme à la fleur” (1972).

Do total de obras da exposição, 109 são do próprio Picasso, sendo 27 pinturas, 42 desenhos, 20 gravuras e 20 esculturas, incluindo 12 cerâmicas. Dentre as outras obras, 22 são fotografias feitas por Andres Villers em parceria com Picasso, e três fotografias feitas por Pierre Manciet durante as filmagens de “La vie commence demain”, de Nicole Védrès, feitas no ateliê do artista na França.

Pablo Picasso: Deux femmes courant sur la plage
Pablo Picasso: Deux femmes courant sur la plage, reprodução da internet

As obras estão dispostas em dez seções: “O primeiro Picasso. Formação e influências (por volta de 1900)”; “Picasso exorcista. As senhoritas de Avignon (processo da geometrização das formas)”; “Picasso cubista. O violão (relação com a música)”; “Picasso clássico. A máscara da antiguidade (a maternidade, o teatro e a dança)”; “Picasso surrealista. As banhistas”; “Picasso engajado. Guernica (estudos da obra, fotos e foco na apresentação da tela em 1953 no Brasil/ 2ª Bienal de São Paulo)”; “Picasso na resistência.

Interiores e vanitas (processo de trabalho durante a guerra, vida doméstica e vaidades)”; “Picasso múltiplo. A alegria da experimentação (da cerâmica ao fotograma)”; “Picasso trabalhando. O Mistério Picasso (a magia de seu processo criativo na pintura)”; e “O último Picasso: o triunfo do desejo (erotismo em todos seus estados)”.

Inscreva-se na Newsletter do site da Cleo